Manter a qualidade e segurança do Serviço de Limpeza e Conservação faz toda diferença!

 

Considerado um dos fatores mais importantes para preservar a saúde e segurança hospitalar, o serviço de limpeza deve seguir determinadas exigências para padronizar o processo de conservação dos ambientes.

Falhas nos procedimentos de limpeza e desinfecção de leitos, superfícies e aparelhos podem ter como consequência, a disseminação de bactérias e micro-organismos multirresistentes.

Essa condição coloca em risco a saúde dos pacientes, familiares e funcionários de hospitais, clínicas e laboratórios.

Entenda a importância da certificação para o serviço de limpeza terceirizado no segmento hospitalar e ambulatorial. Acompanhe e confira todas informações.

 

Do que se trata a Certificação?

Com a implantação do Sistema Único de Saúde (SUS) no início dos anos 90, notou-se a necessidade de criar uma metodologia de avaliação que atendesse instituições de diferentes tamanhos e especialidades.

Por meio da iniciativa do Ministério da Saúde e da Anvisa em 1999, foi criada a Organização Nacional de Acreditação (ONA) com objetivo de aprimorar a gestão do setor de saúde e sua qualidade da assistência.

O objetivo da Acreditação é padronizar o sistema de trabalho das organizações prestadoras de serviços terceirizados de saúde, implantando um acompanhamento periódico para estimular a melhoria contínua.

 

Mas afinal, como funciona a Acreditação de Serviço de Limpeza?

Inicialmente, é feito o processo de avaliação das organizações prestadoras de serviços de saúde para identificar processos não controlados e áreas que apresentam não conformidade.

Sendo necessário ainda, reconhecer os pontos fortes que precisam de melhorias.

A avaliação pode apresentar quatro níveis de acreditação: Excelência (Nível 3), Pleno (Nível 2) e Acreditado (Nível 1) ou Não Acreditado.

A seguir, entenda melhor esse processo e quais suas características para o serviço de limpeza. Confira!

Nível 1 – refere-se à organização que atende ao princípio de “segurança” em todos os processos. Certificado válido por 2 anos;

Nível 2 – cumpre com as exigências do Nível 1 e possui um conjunto de ações focadas na “Gestão Integrada” no planejamento organizacional. Certificado válido por 2 anos;

Nível 3 – quando os Níveis 2 e 3 são correspondidos juntamente com iniciativa de melhoria contínua no segmento institucional e cultural da empresa. Certificado válido por 3 anos.

 

Manutenção da Certificação

Diante eventos adversos, as empresas acreditadas devem passar pelo acompanhamento para verificar a manutenção de suas conformidades.

Esse processo inclui visitas extraordinárias e de manutenção para manter a certificação no mesmo nível ou fazer o rebaixamento, de acordo com os resultados obtidos.

O período varia conforme o nível do certificado e o tipo de visita, sendo manutenção ordinária a cada oito meses para os níveis 1 e 2; e, anualmente para o nível 3.

E, as extras, podem ser realizadas a qualquer momento nos casos que interfiram diretamente na finalidade que resultou a certificação.

Para garantir a qualidade e segurança do serviço de limpeza, é fundamental consultar uma empresa terceirizada que possua certificado de padronização de higienização dos ambientes.

Quer saber mais sobre a ONA, acompanhe nosso post sobre a Higienização Hospitalar e as Demais Exigências da Certificação ONA.

 

WhatsApp Solicite seu orçamento